Exercícios aeróbicos: saiba como escolher o melhor para seu biotipo

Ectomorfo Sabe aquele corpo alto e magro, as vezes até com uma leve inclinada para frente? Esse é o típico perfil do ectomorfo. Pessoas com esse biótipo possuem os membros mais compridos, o peitoral plano e costumam ter bastante dificuldade para ganhar massa muscular. O exercício aeróbico, no geral, precisa ser bem equilibrado para pessoas com esse tipo de corpo, pois elas costumam perder peso com facilidade. O ideal é se concentrar em exercícios simples, mas que movimentem as articulações, como o ciclismo e a corrida, por exemplo. Além disso, a ginástica localizada também é muito recomendada para essas pessoas, pois ela ajuda a trabalhar a musculatura tornando-a mais firme e o corpo mais bem desenhado.

Endomorfo

Esse biótipo é exatamente o oposto do anterior: possui curvas corporais mais arredondadas, baixa estatura e um metabolismo lento que proporciona o acúmulo indesejado de gordura. Por outro lado, possuem maior facilidade para ganhar massa muscular e podem modelar o corpo mais rapidamente do que o ectomorfo. O ideal para esse grupo é movimentar as articulações de uma maneira bem dinâmica, buscando elevar a resistência cardiorrespiratória. Atividades aeróbicas como jump e spinning, por exemplo, são perfeitas para pessoas com biótipo endomorfo, pois reduzem a flacidez, aumenta a resistência dos músculos e ainda ajudam a reduzir a gordura localizada.

Mesomorfo

O mesomorfo, visto de um ponto de vista genético, é o perfil fisicamente mais favorecido, chegando a um ponto onde muitos naturalmente aparentam ter um corpo atlético sem realmente tê-lo. Independentemente da atividade física escolhida, o mesomorfo costuma ter um excelente desempenho. Existem muitos exemplos de atletas que são jogadores de futebol, por exemplo, mas que também praticam outros esportes com a mesma qualidade. O ideal é que pessoas com esse biótipo não apostem somente nos exercícios aeróbicos, mas sim em uma combinação de força, capacidade e potência física. Atividades como a remada, corrida e triatlo, por exemplo, são perfeitas. Porém, apesar da vantagem atlética que o mesomorfo tem, é muito importante tomar cuidado com a alimentação, pois esse biótipo não tem o mesmo metabolismo acelerado do ectomorfo e está propício ao acúmulo de gordura, mas não da mesma forma como uma pessoa endomórfica. Conhecer o seu biótipo antes de escolher quais exercícios aeróbicos praticar para perder aqueles quilinhos a mais e ganhar mais resistência física é fundamental para conseguir alcançar o seu objetivo. Então, gostou do nosso post? Aproveite para compartilhar nas suas redes sociais e ajudar os seus amigos a conquistarem, também, um corpo mais saudável e bonito.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.