Vascularização muscular: o que é e como aumentar?

alimentação balanceada e o uso de suplementos alimentares. Além disso, é preciso ter muita paciência, pois os resultados não aparecem da noite para o dia. Então, se você é praticante de musculação e quer ter músculos bem definidos e veias aparentes, mas não sabe como conseguir, continue a leitura do artigo que falaremos a respeito. Mas, primeiro, vamos entender o que é a vascularização muscular.

O que é a vascularização muscular?

A vascularização muscular consiste na presença de veias maiores e visíveis externamente ao longo dos músculos. Para que ela ocorra, é necessário que os músculos estejam em um estágio avançado de desenvolvimento para que eles necessitem de intenso fornecimento de nutrientes e oxigênio. Além de deixar o corpo bem torneado, ela ainda torna os vasos sanguíneos dilatados e visíveis, passando por cima dos músculos de maneira bastante evidente. Outro fator que se destaca em um corpo com alta vascularização muscular é que os níveis de gordura corporal estão baixos. Se você já observou como as veias de atletas, principalmente fisiculturistas, são aparentes, você sabe do que estamos falando.

Quais são os benefícios da vascularização?

Há quem pense que a vascularização só traz benefícios estéticos aos praticantes de musculação, mas não é bem assim. Embora o ganho estético seja grande — pois músculos bem definidos e veias aparentes chamam bastante atenção e mostram como o corpo está bem desenvolvido —, essa não é a única vantagem para os atletas. Quando as veias estão dilatadas, o sangue circula pelo corpo com mais facilidade, o que diminui a pressão — problema de grande parte da população e que aumenta expressivamente os riscos de AVC (Acidente Vascular Cerebral). A vascularização ainda é aliada no combate a outros problemas de saúde ligados a deficiências na circulação, como varizes e doenças do coração. Além das vantagens relacionadas ao combate e à prevenção de algumas doenças, na intensa vascularização muscular, o corpo começa a entender que é possível passar dos limites de hipertrofia conquistados e, com veias maiores e aparentes, exige mais nutrientes de forma mais rápida. Assim, o seu shape tende a se desenvolver muito e você vai mais longe nos treinos.

Como potencializar a vascularização muscular?

Para aumentar o número de veias aparentes e alcançar a definição de seus sonhos, você precisa combinar a prática frequente de exercícios físicos com uma dieta equilibrada. Vamos conhecer algumas maneiras para potencializar a sua vascularização muscular. Os resultados serão rápidos se as medidas forem seguidas à risca.

Mantenha o seu percentual de gordura baixo

Provavelmente, o principal influenciador da vascularização muscular no seu corpo será o seu percentual de gordura. Você deve diminuí-lo para que suas veias fiquem aparentes mesmo após os seus treinos. As veias superficiais, que promovem o aspecto de vascularização, estão localizadas em uma fina camada entre a pele e o músculo. É nesse mesmo lugar que se encontra a gordura subcutânea, caso você a tenha. Então, quanto menos gordura você tiver, mais suas veias terão espaço e, naturalmente, se mostrarão. Como é medida em porcentagem, o ideal para que as veias apareçam é ter um percentual de gordura abaixo de 15%.

Ganhe o máximo de massa muscular possível

A “matemática” é muito simples: quanto mais massa muscular você tem, mais o seu corpo necessitará de nutrientes e oxigênio para seus músculos trabalharem. Seu cérebro ordenará o envio de mais sangue para o tecido muscular e, consequentemente, as veias que o receberão deverão ser de maior “calibre”. Portanto, abaixe o seu percentual de gordura, mas continue focado no ganho de massa muscular, pois é dessa forma que suas veias “saltarão para fora”. Uma dieta equilibrada é uma aliada fundamental nessa tarefa.

Aumente os níveis de óxido nítrico do seu organismo

O óxido nítrico é uma molécula fundamental para a saúde cardiovascular do corpo humano. Dentre suas funções estão: Esse componente está presente na maioria dos suplementos conhecidos como pré-treinos. Nesses suplementos, ele se alia a outros ingredientes e promove o que os atletas chamam de “pump muscular”, o que nada mais é que o aumento dos níveis de óxido nítrico no sangue. Outros suplementos que são muito efetivos no aumento dos níveis de óxido nítrico são a L-Arginina e a L-Citrulina. Eles atuam no próprio processo de criação do óxido nítrico e, por consequência, o aporte energético e metabólico nas células se elevará.

Evite a retenção desnecessária de líquidos

Naquela camada embaixo da pele onde estão as veias e a gordura, também há líquidos. Quanto mais líquido retido no local, pior a vascularização. Mas cuidado com medidas drásticas que podem levar você à desidratação, como o consumo de diuréticos. Tome medidas inteligentes e que vão diminuir naturalmente a retenção de líquidos no seu organismo, como evitar consumir grandes quantidades de alimentos ricos em sódio. Outro método útil é reduzir o consumo de carboidratos simples, como os açucares. Além disso, não se esqueça de beber a quantidade necessária de água por dia, que é de dois a quatro litros.

Faça aeróbicos e controle a alimentação

Exercícios de alta intensidade, como correr, pedalar ou pular corda, se realizados por curtos períodos de tempo, de 4 a 5 vezes por semana, ajudam bastante no processo de vascularização muscular. Além disso, os treinos de força devem ser frequentes, mas os resultados são melhores quando há mais repetições incluídas nas atividades. Por fim, não se esqueça de manter uma alimentação balanceada, sem consumo excessivo de sódio, para que seu corpo não sofra com a retenção de líquidos. A quantidade diária de ingestão de proteínas e calorias também deve ser equilibrada. O ideal é buscar ajuda profissional para que você tenha uma alimentação eficiente no ganho de músculos e dilatação de veias.

Quais são os tipos de suplementos que ajudam no processo?

Embora as atividades físicas e uma dieta equilibrada ajudem muito no processo de vascularização, contar com o uso de suplementos que auxiliam na potencialização dos resultados é imprescindível. Entre esses suplementos, estão a L-Arginina e a L-Citrulina, que aumentam os níveis de óxido nítrico no organismo. Como já citado, esses compostos atuam no processo de produção do óxido nítrico. Os suplementos que usam esses compostos, os combinam com alguns minerais e influem positivamente na criação de óxido nítrico em maior quantidade no corpo. A creatina também é um suplemento que pode ser usado para melhorar a vascularização muscular. Não acredite no mito de que ela atrapalha a vascularização porque retém líquido. A retenção que ela promove é dentro das células musculares e não na camada abaixo da pele onde as veias se localizam. Portanto, podemos perceber que a vascularização muscular é muito mais que um ganho estético, já que também consiste na prevenção e na redução de doenças. Utilize as medidas descritas na sua rotina de treinos e não se esqueça de que, antes de usar qualquer produto, você deve consultar seu nutricionista ou outro profissional da área da saúde competente, para que ele indique a melhor opção para você. Se gostou das informações contidas neste post e quer ficar por dentro de todas as novidades e notícias do mundo fitness, assine a nossa newsletter ou entre em nosso site!

Este post tem um comentário

  1. Anônimo

    Visitor Rating: 5 Stars

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.