ESCOLHA SUA FORMA DE PAGAMENTO

Qual é o seu momento?

Consideramos pagamento à vista, o pagamento livre de taxas de administração. Logo, é em espécie ou transferência bancária. Nesta modalidade você tem 15% de desconto. Temos contas nos bancos Santander, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Para pagamento presencial à vista na modalidade Cartão de Débito você tem 13% de desconto. Já o cartão de Crédito à Vista podemos conceder 10% de desconto sobre o preço base. Com exceção do Dinners Club onde o desconto passa ser de 7% à vista em crédito.

Para pagamento presencial à Crédito na modalidade parcelado em 2 vezes você tem 10% de desconto. Já se for em 3 vezes podemos conceder 8% de desconto sobre o preço base. Com exceção do Dinners Club, onde o desconto passa ser de 5%  em 2 vezes. E sem desconto em 3 vezes.

Venda a crédito via PagSeguro 10% de desconto. Parcelado em 2 vezes 5% de desconto. Em 3 vezes não há desconto. Acima de 3 Vezes com juros de 2,60%.

LEI AUTORIZA DIFERENÇA DE PREÇO EM PAGAMENTO À VISTA PARA CARTÃO

Consumidores e fornecedores devem ficar atentos as possíveis formas de valores e pagamentos.

Consumidor é qualquer pessoa, física ou jurídica, que adquira um produto ou serviço. E fornecedor, é qualquer pessoa que desenvolva atividade de produção, comercialização, montagem, criação.

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) estabelece regras que as duas partes devem seguir.

Dentre as normas principais, está a questão do preço. Se o consumidor não tiver a informação clara de quanto é o produto, ele pode pagar o menor preço apresentado.

Em 2017, o presidente da época, Michel Temer, sancionou a lei que autoriza que os estabelecimentos diferenciem os preços pela forma de pagamento.

A Lei n° 13.455, “dispõe sobre a diferenciação de preços de bens e serviços oferecidos ao público em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado”.

Portanto, os fornecedores podem cobrar um valor pelo produto parcelado, e outro pelo mesmo item à vista.

Para que isso seja aceito, o comerciante deve avisar com antecedência. Caso não informe, uma multa pode ser cobrada, prevista no Código de Defesa do Consumidor.

Quando o fornecedor oferecer o produto ao cliente, o valor deve estar informado, sem dúvidas.

Essa lei tranquiliza os proprietários do comércio, que se sentem mais seguros em oferecerem descontos aos clientes por pagarem à vista.

Já o consumidor, pode adquirir um produto por um valor, ou forma de pagamento, mais acessível.

A diferença de preços não é obrigatória, depende da política que a loja usa.

Dra. Patrícia Ferreira

OAB/RJ 209.366

FONTE: https://ndmais.com.br 

Lei aplicável

A Lei n° 13.455, “dispõe sobre a diferenciação de preços de bens e serviços oferecidos ao público em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado”

Muitas ideias e inovações chegam através deste canal!

E de nada adianta investir em inovação, buscar soluções ou criar produtos que não atendam as necessidades do seu cliente. Muitas empresas erram por tentar inovar e ganhar destaque na mídia, mas o que deve ter valor para o nosso negócio são nossos clientes.Buscamos desenvolver uma solução ou um produto que seja inovador, que atraia a atenção de mais pessoas com o perfil do nosso cliente e faça diferença em suas vidas, conseguir alcançar o objetivo você que deseja.Por isso, focamos nos nossos clientes.

André Alves da Silva

Comentários Reais do Google e estão disponíveis ao acesso

5 ESTRELAS 95.5%
4 ESTRELAS 2%
5 ESTRELAS 0.5%
5 ESTRELAS 1%
5 ESTRELAS 1%
231 AVALIAÇÕES
4.9/5