Remédios para dormir: quais são os manipulados mais indicados?

qualidade de vida, quais hábitos vêm à sua mente? Certamente os que envolvem uma alimentação saudável, a prática de exercícios físicos regularmente e boas horas de sono. Infelizmente, dormir não é um processo fácil para muitas pessoas. E é diante dessa realidade que surgem os remédios para dormir. Que tal descobrir como uma boa noite de sono pode melhorar a sua vida e como agem os remédios manipulados que mandam a insônia para longe? Então continue acompanhando o post!

Por que é tão importante dormir bem?

Para entender isso é preciso conhecer o que acontece quando dormimos. O sono ajuda na regulação da homeostasia do nosso organismo, isto é, ajuda a mantê-lo em equilíbrio. Como isso acontece? Através das funções que o sono “exerce”: restauração de tecidos, conservação de energia, organização da memória e fortalecimento de células do sistema imunológico. Se você tem o objetivo de ganhar massa muscular, por exemplo, o sono tem papel fundamental. Isso porque uma noite bem dormida é essencial para que haja a recomposição e manutenção das inúmeras funções orgânicas e neurológicas. Resumindo: se as suas noites de sono não chegam sequer perto de 8 horas, é provável que o seu crescimento muscular fique prejudicado, pois o seu corpo não produzirá os hormônios que criam a hipertrofia.

Quais os remédios para dormir manipulados mais indicados?

Infelizmente, muitas pessoas têm a insônia como companheira noturna. Nesses casos, é imprescindível que algumas providências sejam tomadas a fim de acabar com o problema. Uma dessas formas de evitar a insônia é com o uso de medicamentos manipulados. No entanto, vale lembrar: a orientação médica é indispensável para a escolha da melhor opção para você!

Melatonina

Sendo a melatonina um hormônio produzido naturalmente no nosso cérebro — na glândula pineal — durante a noite, não é complicado entender o papel dela no sono. E a versão manipulada tem as mesmas propriedades encontradas no hormônio produzido pelo corpo. A substância atua estimulando a sensação de sonolência e é “produzida” quando o ambiente está escuro. Justamente por isso que tal sensação não é percebida com a luz do sol ou mesmo durante o uso de dispositivos como celular ou tablet.

Flurazepam

Essa substância atua diminuindo o tempo necessário para o início do sono e ao mesmo tempo aumenta a duração do mesmo. Do grupo dos benzodiazepínicos, a medicação age no sistema nervoso central e também reduz a interrupção do sono.

Bromazepam

O medicamento causa uma sonolência quase instantânea, bem como um relaxamento muscular. Indicado também para a tensão e ansiedade, a ação inicia cerca de 20 minutos após a administração. Como vimos, dormir bem é o segredo para manter o equilíbrio e a saúde — física e mental. Felizmente, os remédios para dormir, chamados também de indutores do sono ou tranquilizantes, ajudam quem não consegue ter uma boa noite de sono. No entanto, apesar da eficácia, nenhum deve ser administrado sem orientação. E você, gostou de saber melhor sobre a ação dos remédios para dormir? Então assine a nossa newsletter e receba no seu e-mail assuntos semelhantes!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.