Entenda as diferenças entre o nutrólogo e nutricionista

vida saudável tem feito com que cada vez mais pessoas procurem receber orientações relacionadas ao ganho de massa muscular, alimentação adequada, obesidade, entre outras. No entanto, para cada caso existe um profissional específico que pode ajudar alcançar esses objetivos, mas muitos não sabem por qual procurar, pois não conhecem a diferença entre o nutrólogo e nutricionista. Embora ambos sejam voltados para área nutricional, às duas profissões são distintas e possui suas peculiaridades que têm de ser entendidas para saber em quais circunstâncias é preciso procurar um ou outro. Por isso, no artigo de hoje separamos as principais diferenças entre o nutrólogo e nutricionista para que você possa escolher o melhor que atende as suas necessidades. Acompanhe!

Graduação

A primeira e principal diferença está na graduação. Isso porque o nutrólogo é um profissional formado em medicina que, posteriormente faz uma especialização em nutrologia médica. Para isso, é preciso fazer aproximadamente 6 a 7 anos de graduação em medicina e 2 anos de residência em Nutrologia ou pós-graduação. Já o nutricionista é um profissional graduado em nutrição que pode ser especializar em diversas áreas nutricional, como clínica, funcional, esportiva, etc. Nesse caso, a graduação dura em média de 4 a 5 anos e a especialização 2 anos.

Função de cada profissional

Outra dessemelhança está relacionada com as funções de cada profissão. O nutrólogo é responsável pela prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças nutricionais, e tem autoridade para prescrever remédios e solicitar exames quando necessário. Contudo, o objetivo não é apenas adequar a alimentação para fazer com que a pessoa emagreça ou ganhe peso, mas sim descobrir e diagnosticar o que está acontecendo com o organismo desse indivíduo. Enquanto o nutricionista apesar de não ser apto em receitar medicamentos, ele pode prescrever suplementos nutricionais para complementação da dieta e solicitar exames que são necessários para o acompanhamento dietoterápico. Além disso, esse profissional tem capacidade de elaborar e manter um cardápio nutricional individualizado, onde possibilita substituir os alimentos e introduzir novas opções e ideias nutricionais.

Tipo de diagnóstico

O profissional de nutrologia tem conhecimento para dar um diagnóstico clínico relacionado a qualquer tipo doença nutricional, como alergias alimentares, diabetes, anemia, obesidade infantil e transtornos alimentares. Por outro lado, compete ao nutricionista fornecer somente o diagnóstico nutricional e a proposta de procedimento dietético, sob a pena de infringir artigo 5º do código de ética do nutricionista.

Solicitação de exames

Outras diferenças entre nutrólogo e nutricionista estão relacionadas com a solicitação de exames. Apesar de ambos poderem solicitar exames laboratoriais, o nutrólogo pode requerer procedimentos tanto abrangentes quanto específico, já que o diagnóstico nosológico (doenças) é uma tarefa privativa do médico. Porém, no caso do nutricionista essa solicitação é mais restrita, pois de acordo com a Lei Federal nº. 8.234/1991, ele pode pedir exames laboratoriais que são necessários para o acompanhamento dietoterápico, prescrição dietética e evolução do paciente.

Arsenal terapêutico

Esse item também tem as suas particularidades sobre cada profissão. O médico como especialista em nutrologia conta com um arsenal terapêutico bastante amplo, tais como:
  • prescrição de medicamentos específicos para distúrbio alimentar;
  • aplicação de nutrição via endovenosa aos pacientes;
  • indicação de suplementos, vitaminas e minerais em doses medicamentosas que excedem os níveis estabelecidos pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária);
  • prescrição de fitoterápicos que necessitem de receita médica.
Por outro lado, o profissional de nutrição tem como arsenal terapêutico:
  • diretrizes nutricionais para prevenção e educação em saúde;
  • prescrição de fitoterápicos e plantas medicinais;
  • plano alimentar;
  • prescrição de suplementos desde que cumpra as doses recomendadas pela ANVISA.
No entanto, apesar das diferenças entre nutrólogo e nutricionista, as duas áreas precisam trabalhar em conjunto. Pois, como o profissional de nutrologia conta com um maior enfoque para identificar as possíveis deficiências no organismo e fazer um diagnóstico mais preciso, ele pode solicitar ao nutricionista uma dieta específica ou um monitoramento quanto à adequação do paciente a nova condição alimentar. Assim, com os profissionais da mesma área atuando em parceria é possível otimizar ainda mais os resultados, ajudando o paciente a alcançar os seus objetivos. E aí, gostou de entender as diferenças entre nutrólogo e nutricionista? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Então deixe o seu comentário e compartilhe conosco a sua opinião!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.