Caseína: o que é, quais são os seus benefícios, como tomar e mais!

[vc_row bg_type=”” dima_canvas_style=”” translate_x=”0″ dima_z_index=”0″ animate_item=”” delay_duration=”” delay_offset=””][vc_column bg_type=”” dima_canvas_style=”” min_height=”” translate_x=”0″ dima_z_index=”0″ delay=”” delay_duration=”” delay_offset=””][share facebook=”true” twitter=”true” linkedin=”true” id=”” class=”” style=””][vc_column_text]Atualmente, há uma gama diversa de suplementos disponíveis no mercado, cada um com suas particularidades que o tornam ideal para determinado consumidor. A caseína, por exemplo, é um suplemento indicado, principalmente, para quem procura o ganho de massa magra e a perda de peso, uma vez que previne o estado de catabolismo celular.
Então, ficou interessado? Neste texto vamos discutir o que é a caseína, quais são os seus benefícios, como tomá-la e muito mais! Confira:

Mas, afinal, o que é caseína?

A caseína é uma proteína encontrada em diferentes tipos de leite, desde o humano até o bovino. Por ser sensível ao pH ácido do estômago, ela é absorvida muito mais lentamente pelo organismo, o que pode trazer melhores resultados para quem procura a hipertrofia.
A maior parte das proteínas são digeridas e absorvidas pelo organismo em uma média de 2 horas. A caseína, por sua vez, pode demorar até 7 horas para ser completamente metabolizada pelas células, o que impede o estado de catabolismo (consumo de massa magra do próprio organismo).
Além disso, ela tem um valor biológico muito alto, isto é, apresenta todos os aminoácidos de forma balanceada em sua estrutura, o que facilita o processo de síntese proteica e de construção de massa magra.

Quais são as diferenças entre albumina e caseína?

Ambas são proteínas de lenta absorção e têm efeitos similares no organismo. No entanto, a albumina é proveniente da clara de ovo, enquanto a caseína é extraída do leite.
As duas oferecem elevado valor biológico, mas a caseína demora mais tempo para ser digerida — podendo chegar a 7 horas, como dissemos —, enquanto a albumina leva de 3 a 4 horas para ser completamente metabolizada.
Vale dizer, também, que o gosto da caseína é bem mais sutil se comparado ao da albumina. E essa sutileza a torna mais agradável ao paladar, ideal àqueles que não gostam ou têm alergia a ovo.

Quais são os seus benefícios?

A caseína apresenta inúmeros benefícios para o organismo, especialmente quando consumida em associação ao Whey Protein, um suplemento rico em proteínas de rápida absorção.
Sua composição apresenta um elevado percentual de glutamina e arginina — dois importantes aminoácidos que auxiliam na recuperação e na construção da massa muscular, pois favorecem o transporte de glicose para os músculos —, ideal para quem procura a hipertrofia.
Além disso, ela atua diretamente no metabolismo, acelerando-o e tornando o processo de emagrecimento mais fácil. E, devido à sua lenta absorção pelo organismo, a caseína ainda promove a sensação de saciedade por mais tempo.

Como tomar caseína?

Para desfrutar dos benefícios mencionados até aqui, é recomendável que se tome o suplemento no horário adequado e na dose ideal, que pode variar de acordo com a sua necessidade diária.
Para um homem adulto que pratica atividades físicas regularmente, a dose indicada é de 30 gramas — podendo variar, também, de acordo com o fabricante. Quanto ao horário, é recomendável consumi-la antes de dormir, ou ao acordar.
suplemento é vendido em pó e pode ser misturado com água, leite ou algum suco de sua preferência, além de estar disponível em versões com outros sabores, assim como o Whey Protein.

Existem efeitos colaterais?

Não existem estudos conclusivos que indiquem algum efeito colateral da caseína, mas, como qualquer outra proteína, seu excesso pode levar ao aumento de peso e desconforto intestinal.
Algumas pessoas podem ser mais sensíveis à caseína, e devem evitar consumi-la sem o acompanhamento de um especialista. Em geral, gestantes, lactantes, crianças, idosos e pessoas com intolerância alimentar à lactose devem procurar um médico, nutricionista ou farmacêutico antes de incluir o suplemento na dieta.
Na verdade, ainda que você não se enquadre dentro do grupo de risco é importante sempre se consultar com um especialista. Somente ele pode dizer se o suplemento está de acordo com os seus objetivos e se você está apto, ou não, a consumi-lo.
Enfim, gostou do nosso post? Ainda está em dúvidas se deve consumir a caseína? Entre em contato com a gente e fale com um de nossos especialistas![/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Este post tem 2 comentários

  1. André Alves da Silva

    Visitor Rating: 5 Stars

  2. André Alves da Silva

    Visitor Rating: 5 Stars

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.